Natação: o melhor esporte para tratar problemas respiratórios

23
jul 2017

Você que tem bronquite, asma ou rinite alérgica sabia que a natação é recomendada pelos médicos para tratar os sintomas desses problemas respiratórios? Para os asmáticos, por exemplo, a natação diminui a intensidade das crises e, também, melhora a qualidade de vida do paciente.

O esforço respiratório feito durante a natação facilita a expectoração, já que os alvéolos pulmonares ficam fortalecidos. É por esse motivo que a natação regula a produção dos mucos do aparelho respiratório. Eles acabam não sendo produzidos em excesso, o que causa infecção das vias aéreas. E, obviamente, a água mantém as narinas úmidas, o que já é um benefício considerável para os pacientes.

Os movimentos necessários à natação estimulam melhorias na capacidade respiratória, aumentando a resistência do organismo. Expirar em meio líquido, respirar pela boca e a posição horizontal do corpo são decisivos para tornar a natação um esporte adequado para pacientes com dificuldades respiratórias.

A natação alonga toda a musculatura intercostal do corpo. É o abrir e o fechar das costelas que movimenta a caixa torácica – através do vai e vem dos braços – e trabalha a musculatura do abdômen, facilitando a respiração diafragmática. Os pulmões ficam cheios na inspiração e esvaziam na expiração. Todos esses movimentos são coordenados pela respiração. O ambiente aquático potencializa os movimentos.A resistência da água exige mais do corpo.

A natação beneficia o corpo humano à medida que aumenta o trabalho dos pulmões, expandindo a capacidade respiratória. Quem faz natação para atenuar os problemas respiratórios, acaba encontrando mais do que um alívio para esses males. A natação serve também para melhorar o condicionamento físico dos pacientes e termina por tornar-se o esporte favorito deles.

Como a natação auxilia no desenvolvimento das crianças:

08
jul 2017

Colocar bebês em aulas de natação com poucos meses de vida é uma prática cada vez mais comum. Além de estimular os aspectos cognitivos, emotivos e sensoriais, a natação infantil também serve para adaptar às crianças ao meio líquido. E, como os bebês estiveram nesse meio durante suas gestações, é mais fácil a adaptação deles às aulas de natação.

Já foi comprovado que crianças que aprendem a nadar ainda em idade pré-escolar têm um rendimento mais satisfatório durante o processo de alfabetização. Outras aproximações com o mundo externo também ficam facilitadas. Como as crianças precisam estar acompanhadas durante as aulas de natação, esse compromisso cria uma relação de afeto genuína. O benefício da inteligência emocional que essa relação entre criança, família e professor traz é imensurável.

Para instigar o aprendizado das crianças durante as aulas de natação, toucas e óculos em formato de bichinhos, como a Touca Fish Cap e o Óculos Fun Club da Speedo por exemplo, os ajudam a interagir com a linguagem lúdica. Como nessa fase a preocupação maior não é com as técnicas de natação, mas sim com a recreação, os pequenos nadadores se sentem mais à vontade para brincar, fazer amigos e vivenciar histórias divertidas.

A natação é um esporte que, quando praticado desde a infância, pode revelar um esportista com um futuro promissor. No entanto, a família deve mostrar aos pequenos atletas que a medalha de campeão em saúde e diversão também é muito estimulante e pode ser usufruída durante toda a vida.

Dia Mundial da Natação ajuda a promover o esporte

08
abr 2017
O Dia Mundial da Natação, comemorado em 08 de abril, foi criado para reverenciar essa atividade física e, também, para promovê-la como esporte. A prática da natação se confunde com a adaptação do homem ao mundo, já que a espécie teve que aprender a se sustentar na água como um instinto de sobrevivência. No Brasil, a natação chegou como esporte em 1897 e, um ano depois, o primeiro campeonato já foi realizado. Há inúmeros fatores que colaboraram para que a natação fosse cultivada como uma prática esportiva no país.

17795851_1408312402540630_3252328440808954357_n

O fato de a natação trabalhar quase todos os músculos do corpo e, ainda, auxiliar no desenvolvimento de energias vitais ao organismo, como a capacidade cardiovascular e respiratória, faz com que ela seja um dos esportes mais praticados no Brasil. Os benefícios da natação ajudam a mantê-la como um exercício físico de alto rendimento e as trajetórias vitoriosas dos atletas brasileiros incentivam a prática do esporte desde a natação infantil até a natação para idosos, tanto feminina quanto masculina.

No Dia Mundial da Natação, também lembramos o quanto a evolução dos acessórios que os atletas utilizam foi fundamental para tornar esse esporte popular e com altos índices de desempenho. Desde que nadar tornou-se um esporte, toucas, óculos, sungas, maiôs foram desenvolvidos para levarem os atletas a performances cada vez mais rápidas. A tecnologia presente nos melhores equipamentos contribui decisivamente para a alta performance dos atletas.

Que o dia 08 de abril sirva como uma data para lembrar-se da importância da natação para a evolução humana e, claro, para enaltece-la como um esporte que tanta alegria traz para os nadadores brasileiros.

Esportes para praticar no verão

04
jan 2017

cover-blog

O verão chegou! Muito sol, férias e, é claro, esporte. A estação do ano mais esperada por muitos traz muito mais do que o calor e as férias. O verão reaviva e estimula nas pessoas a vontade de praticar algum esporte ou atividade física. Pensando nisso, listamos alguns esportes para você começar a praticar neste verão.

Caminhada

Caminhar é sempre saudável, faz bem para o corpo, ajuda a espairecer e ainda queima calorias. Por que não aproveitar o fim de tarde, já que a sensação de calor diminui, para dar uma volta em algum parque? O hábito de caminhar, pelo menos 2h30 por semana, combinado a uma alimentação saudável pode trazer incontáveis benefícios para você e sua saúde.

Vôlei de praia

O destino de muitas pessoas, nas férias de verão, é a praia. Essa época do ano combina muito com esse esporte. O vôlei de praia é muito comum no Brasil e pode ser praticado em duplas ou times, estimulando o espírito de equipe. Especialistas afirmam que, quando praticado frequentemente, o vôlei de praia ajuda a tonificar os músculos e o contato com a praia potencializa a sensação de bem-estar.

Frescobol

Tipicamente praiano, o frescobol é jogado por duas pessoas ou mais. O esporte tem como principal objetivo potencializar e cultivar a amizade. Seu estilo cooperativo o diferencia de muitos esportes e é ideal para você que pensa em desenvolver o seu companheirismo e quer deixar de lado a competitividade.

Nado em mar aberto

Recentemente demos dicas para treinos nessa modalidade, e não poderíamos deixá-la de lado quando o assunto é verão. Indicado para atletas com mais preparo e experiência, esse esporte ajuda você que não quer deixar a sua rotina de treino de lado, mesmo estando de férias. Se estiver pelo litoral, que tal umas braçadas?

Corrida

A corrida, muito similar a caminhada, traz diversos benefícios para a sua saúde e seu corpo. Considerada um dos melhores exercícios para o coração, esse esporte fortalece seus ossos e articulações por meio do impacto decorrente da prática do exercício. Quando realizada na areia, ameniza o impacto e intensifica o preparo, pois exige mais esforço físico do atleta no momento da propulsão.

Seja caminhando, correndo, seja nadando, chegou a melhor hora para praticar. Aproveite o verão! Comece agora a desenvolver aspectos físicos e comportamentais por meio da prática de esportes.

Dicas e cuidados para treinos em mar aberto.

16
dez 2016

cover-blog

Com a chegada do verão e das férias, nada melhor do que aproveitar a viagem ao litoral para treinar no mar, sempre com segurança.

Um dos pontos mais importantes é focar na direção e não na velocidade. No mar vasto e aberto você deve prestar atenção para onde está indo a cada braçada, pois a correnteza pode influenciar e te pegar de surpresa. Garanta também que seus óculos ofereçam boa visibilidade mesmo em dias muito quentes.

Procure nadar com uma touca de cor chamativa, laranja, amarelo, vermelho, etc. Assim fica mais fácil de outras pessoas e embarcações visualizarem você na água.

Também é recomendável passar um pouco de vaselina nas axilas, na parte de trás do pescoço e entre as pernas, assim ajuda a evitar que o sal do mar irrite estas áreas devido aos movimentos do nado.

Se você não conhece muito bem a praia e as correntes locais, converse com um salva-vidas para nadar no lugar mais seguro possível e siga todas as recomendações.

Lembre-se que o cuidado também deve ser levado para fora da água. Avise alguém que você está indo nadar para que essa pessoa esteja atenta, mesmo da areia, e possa te ajudar caso ocorra algum imprevisto.

E como em qualquer outro lugar, mantenha-se hidratado! Beba bastante água antes de sair e na volta também.

Boa praia e bom treino!