Fuga das Ilhas – Prova do Circuito Aqua

14
nov 2019

A próxima etapa do Circuito Aqua está chegando! No dia 08 de dezembro, a praia da Barra do Sahy, no litoral paulista, receberá sua última prova do ano, a Fuga das Ilhas. Realizada com apoio da Speedo, a prova terá uma travessia aquática de 2.000 m saindo da praia até uma ilha nas proximidades e retornando às areias da Barra do Sahy para a linha de chegada.

A prova pode ser disputada tanto por nadadores profissionais quanto amadores, tendo inclusive uma categoria especial para idosos. As inscrições para o projeto já estão abertas e podem ser feitas clicando aqui.

Local
A Fuga das Ilhas será realizada na praia da Barra do Sahy. Localizada na cidade de São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo, está apenas a 155 km da capital paulista. Um paraíso natural conhecido pelo mar calmo e suas áreas de mergulho. O passeio vale a pena até para quem não intenção de participar da travessia, então traga amigos e família para um fim de semana cheio de sol e mar! Para chegar até a praia, as melhores opções são ir de carro (com um percurso de aproximadamente 2h30 de São Paulo) ou de ônibus, saindo dos Terminais Rodoviários da Capital com destino a São Sebastião.

KIT
O kit para a prova, que inclui sacola, camiseta personalizada, medalha de participação e uma touca de natação da Speedo já está disponível para compra no site do Circuito Aqua. Quem comprar antecipadamente receberá um e-mail com instruções para retirada do kit na semana da prova. Será necessário levar um documento original com foto e comprovante da inscrição para retirada.

Vale lembrar que a compra de um dos pacotes é obrigatória para a participação!

A travessia
Saindo da areias da praia de Barra do Sahy os nadadores irão até As Ilhas, uma ilhota em frente à orla, e retornarão à praia, totalizando 2 km de trajeto. Você pode conferir todo o percurso em um mapa interativo no site oficial do evento.

Sobre o Circuito Aqua
Famoso por trazer para suas provas um clima descontraído e escolher cenários paradisíacos para cada uma das etapas onde passa, o Circuito Aqua é o maior e mais importante circuito de travessias aquáticas do Brasil. Com percursos de até 2000 metros, suas etapas reúnem mais de milhares de atletas amadores e profissionais em provas que misturam esporte, turismo e lazer em um único final de semana.

Neste ano, duas etapas já foram realizadas, sendo elas a Volta do Parcel em Juquehy, São Sebastião-SP, com mais de 1.500 atletas e a Travessia Maravilhosa, que reuniu mais de mil nadadores na praia de Copacabana no Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre como foram as provas anteriores clicando aqui.

E aí, nadador, está animado para a última prova do ano? Bora treinar?

Ficha Técnica da Prova
Circuito Aqua – Fuga das Ilhas
Data
08 de Dezembro de 2019
Horário de Largada
A definir
Local
Praia Barra do Sahy – Rua do Pontal, s/n, São Sebastião – SP
Distância
2000 metros
Quem pode participar
Atletas profissionais e amadores

X etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas: Ilhabela

30
out 2019

A X etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas acontece dia 24 de novembro de 2019, na Praia Grande, lado sul de Ilhabela. A AA conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela e da Speedo Multisport para realizar o evento.

O congresso técnico das provas média (2km) e longa (4km) está previsto às 8h30. Já às 11h00 começa o da prova curta (1km). É fundamental ficar de olho nos horários da balsa, hein?

As inscrições deverão ser enviadas juntamente com o comprovante de pagamento para o e-mail: harley@maratonaaquatica.com.br. Vale lembrar que os números utilizados na temporada de 2018 não são válidos para este ano.

Dados para a inscrição
Para se inscrever, informe: nome completo, RG, telefone celular (com DDD), sexo, data de nascimento, código do clube que representa (ou coloque “avulso”, caso não represente um clube) e a prova que pretende nadar (verifique o regulamento do campeonato para encontrar a mais indicada para sua categoria).

Informações bancárias para o depósito
Banco Santander: 033
Agência: 2228
C/c: 01002183-1
Em nome de: Carla Fernandes
CPF: 249.019.728-20

Também é possível se inscrever diretamente em uma das Speedo Stores:
Loja Augusta: Rua Augusta, 2521 — São Paulo
Shopping Morumbi: Avenida Roque Petroni Júnior, 1089 — São Paulo

Prazos e valores
O valor da inscrição para uma prova é R$160,00. Caso o atleta queira participar de duas provas, o valor a ser pago é R$250,00 (sem descontos para pagamento antecipado).

Até às 22h de 6 de novembro, com a apresentação do comprovante de depósito, o valor cobrado, com desconto, será de R$110,00 por uma prova e de R$195,00 para duas provas, para o mesmo atleta.

Vale destacar que atletas com mais de 60 anos ou PNE pagam R$80,00 por uma prova ou R$125,00 para duas, com inscrição individual — mas o desconto é válido somente até às 22h de 6 de novembro.

A partir da data mencionada acima e até o dia 14 de novembro, com a apresentação do comprovante de depósito, os valores passam a ser os seguintes: R$125,00 por prova ou R$215,00 para duas provas, independente da idade do atleta.

Após esse prazo, as inscrições somente poderão ser feitas no dia da prova, até 30 minutos antes do início do congresso técnico, mediante pagamento do valor integral.

Relação de inscritos
Serão divulgadas duas relações de inscritos: a primeira no dia 12 de novembro e a final no dia 19 de novembro. Os cancelamentos, portanto, deverão ser feitos até a data limite de inscrição, dia 14 de novembro.

Cada equipe fica responsável por marcar os braços de seus atletas com os números de inscrição, de acordo com a seguinte divisão: cor vermelha para a prova média e cor preta para as provas curta e longa.

Cadastro de equipe
Antes de efetuar sua inscrição, verifique no site a relação de equipes já cadastradas. Caso sua equipe não esteja relacionada, cadastre-a antes de enviar sua inscrição individual. Para isso, encaminhe os dados da equipe (CNPJ, nome da equipe, endereço, bairro, cidade, telefone, celular, nome do técnico, nome de dois responsáveis e e-mail de contato) para harley@maratonaaquatica.com.br e aguarde a confirmação.

Para mais informações, acesse: Maratona Aquática.

E aí, quem já está no ritmo?

Sarah Thomas e as braçadas da superação

01
out 2019

Um ano após se tratar de um câncer de mama agressivo, Sarah Thomas se tornou a primeira pessoa a cruzar o Canal da Mancha por quatro vezes seguidas. Na hora de agradecer, dedicou a conquista a “todos os sobreviventes (do câncer) por aí”. Continue lendo para conhecer essa história incrível, cheia de inspiração.

O desafio de Sarah Thomas começou nos primeiros momentos do dia 15 de setembro, e só terminou 54 horas e 10 minutos depois, quando a mulher de 37 anos atravessou, pela quarta vez seguida, os mais de 30 km do Canal da Mancha, que liga as cidade de Dover, na Inglaterra, e Calais, na França.

Na manhã no dia 17, Sarah Thomas havia conquistado não somente o recorde da travessia, nadando quase 209 km sem parar, mas também a admiração de todos que acompanharam e souberam de seu esforço sobre-humano. A atleta superou as fortes correntes marítimas, a água salgada e até mesmo as águas-vivas — um dos animais, inclusive, queimou seu rosto.

A batalha contra o câncer de mama
No último ano, Sarah Thomas enfrentou um tratamento pesado contra o câncer de mama e todo o apoio necessário para lutar contra a doença veio da natação. A relação da atleta com as águas abertas, aliás, já tem algum tempo: ela cruzou o Canal da Mancha em 2012 pela primeira vez e repetiu o feito em 2016.

Mesmo sem se sentir 100%, como afirmou antes de mergulhar na água, a guerreira Sarah Thomas sabia que, depois de tudo o que enfrentou, podia superar mais esse desafio com a garra que demonstrou nos últimos anos, ultrapassando as barreiras que a vida lhe impôs em relação à sua saúde.

A comemoração na chegada de Sarah, em Dover, foi regada a muita champanhe e chocolate. E depois de vibrar com a entrada no livro dos recordes mundiais, a nadadora decidiu que o melhor a se fazer era dormir um dia inteirinho — descanso mais do que merecido, né?

Fonte: Terra Esportes

IX etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas: Ribeirão Pires

12
set 2019

A IX etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas acontece dia 19 de outubro de 2019, no Tahiti Náutica Club, na Avenida Palmira, nº 450, em Ribeirão Pires, São Paulo. O trajeto mais indicado é pela Rodovia Índio Tibiriçá, seguindo até o km 42.

A AA conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires e da Speedo Multisport para realizar o evento. O congresso técnico da prova curta (1 km) tem previsão para iniciar às 10h. Já o das provas média (2 km) e longa (4 km) deve começar às 11h30.

As inscrições deverão ser enviadas juntamente com o comprovante de pagamento para o e-mail: harley@maratonaaquatica.com.br. Vale lembrar que os números utilizados na temporada de 2018 não são válidos para este ano.

Dados para a inscrição
Para se inscrever, informe: nome completo, RG, telefone celular (com DDD), sexo, data de nascimento, código do clube que representa (ou coloque “avulso”, caso não represente um clube) e a prova que pretende nadar (verifique o regulamento do campeonato para encontrar a mais indicada para sua categoria).

Informações bancárias para o depósito
Banco Santander: 033
Agência: 2228
C/c: 01002183-1
Em nome de: Carla Fernandes
CPF: 249.019.728-20

Também é possível se inscrever diretamente em uma das Speedo Stores:
Loja Augusta: Rua Augusta, 2521 — São Paulo
Shopping Morumbi: Avenida Roque Petroni Júnior, 1089 — São Paulo

Outra opção de inscrição é por meio do site oficial da Swim Channel.

Prazos e valores
O valor da inscrição para uma prova é R$160,00. Caso o atleta queira participar de duas provas, o valor a ser pago é R$250,00 (sem descontos para pagamento antecipado).

Até às 22h de 3 de outubro, com a apresentação do comprovante de depósito, o valor cobrado, com desconto, será de R$110,00 por uma prova e de R$195,00 para duas provas, para o mesmo atleta.

Vale destacar que atletas com mais de 60 anos ou PNE pagam R$80,00 por uma prova ou R$125,00 para duas, com inscrição individual — mas o desconto é válido somente até às 22h de 3 de outubro.

A partir da data mencionada acima e até o dia 10 de outubro, com a apresentação do comprovante de depósito, os valores passam a ser os seguintes: R$125,00 por prova ou R$215,00 para duas provas, independente da idade do atleta.

Após esse prazo, as inscrições somente poderão ser feitas no dia da prova, até 30 minutos antes do início do congresso técnico, mediante pagamento do valor integral.

Relação de inscritos
Serão divulgadas duas relações de inscritos: a primeira no dia 08 de outubro e a final no dia 15 de outubro. Os cancelamentos, portanto, deverão ser feitos até a data limite de inscrição, dia 10 de outubro.

Cada equipe fica responsável por marcar os braços de seus atletas com os números de inscrição, de acordo com a seguinte divisão: cor vermelha para a prova média e cor preta para as provas curta e longa.

Cadastro de equipe
Antes de efetuar sua inscrição, verifique no site a relação de equipes já cadastradas. Caso sua equipe não esteja relacionada, cadastre-a antes de enviar sua inscrição individual. Para isso, encaminhe os dados da equipe (CNPJ, nome da equipe, endereço, bairro, cidade, telefone, celular, nome do técnico, nome de dois responsáveis e e-mail de contato) para harley@maratonaaquatica.com.br e aguarde a confirmação.

Para mais informações, acesse: Maratona Aquática.

E aí, bora treinar?

Fenômeno nas piscinas, Nicholas Santos não se cansa de ganhar medalhas

28
ago 2019

Nicholas Araújo Dias dos Santos. Esse é o nome de um dos principais nadadores brasileiros. Nascido em Ribeirão Preto, o atleta segue encantando fãs em todo o mundo graças às suas conquistas, recordes e força de vontade sem igual.

Recentemente, aos 39 anos, Nicholas Santos bateu mais um recorde e se tornou o nadador mais velho a subir em um pódio de Campeonato Mundial, quando trouxe para casa a medalha de bronze nos 50m borboleta.

Entre uma competição e outra, o recordista, que faz parte do Speedo Elite Team, nos deu uma entrevista para contar mais sobre sua carreira e suas melhores lembranças ao longo de seus anos nas piscinas.

1- Sua primeira participação em um Campeonato Mundial foi em 2001, quando passou a integrar a seleção brasileira de natação. Como você se sente estando na ativa e ganhando medalhas até hoje?
Sem dúvidas é uma sensação fantástica: são quase 20 anos nadando como profissional e competindo pela seleção brasileira. Em meio a tudo isso, tive a oportunidade de me formar em fisioterapia, conhecer diversos países, compreender diferentes formas de treinamento e ir me moldando para essas competições. Ao longo de todo esse tempo, pude conciliar muita coisa e acredito que consigo montar uma rotina bem feita, com grandes resultados.

2- Qual o segredo para manter a performance em alta durante tanto tempo e ainda melhorar as marcas a cada ano?
Conhecer e entender meu corpo ao longo desses anos, investir nos meus programas de treinamento — tanto nos treinos de água como na preparação física — cuidar da minha alimentação e trabalhar a parte mental. Outro ponto importante é que eu nunca sofri uma lesão grave, e ser fisioterapeuta me ajuda muito, pois conheço e entendo o funcionamento do corpo, então, mesmo que aconteça alguma coisa, eu sei a abordagem que deve ser feita, o que facilita até para os profissionais que trabalham comigo. Tem também a questão do desafio pessoal, de buscar resultados cada vez melhores — e isso acaba se tornando um vício, não é? Mas sem dúvida: a repetição, o ganho dia após dia, o foco, a disciplina e a busca pelo plano A me colocam em alta performance sempre.

3- Você agora é o nadador brasileiro com mais participações em Mundiais. Como você enxerga a importância da sua carreira para os atletas daqui que querem alcançar o alto nível?
Esta questão da longevidade é um assunto que muitas pessoas me perguntam. O que posso dizer é: sim, é possível, mas assim como em qualquer outra profissão ou trabalho, é muito importante colocar energia naquilo que a gente faz — e ter paciência, pois os resultados vêm com o tempo. E posso dizer que vale a pena, tanto pelos bons hábitos quanto pelos desafios dia após dia. Sem falar das oportunidades que surgem quando você se destaca no que faz.

4- Em 2017 você foi prata em Budapeste e se tornou o atleta mais velho a ir ao pódio. Agora, em 2019, você conquistou o bronze no Mundial, aos 39 anos, e renovou esse recorde. Qual foi a sensação?
A sensação é de que é possível competir e manter o alto rendimento com quase 40 anos e eu tenho a fórmula para isso! Também acredito que seja importante dar um exemplo, uma motivação, para as pessoas comuns que praticam atividades físicas de forma amadora, mesmo que em outra modalidade. É o que eu sempre digo: todo mundo pode viver em alto rendimento, não precisa ser profissional.

5- Como foi a decisão de se dedicar aos 50m borboleta?
Foi um desafio novo que propus a mim mesmo, em 2012, após as Olimpíadas de Londres. Em 2008, eu nadei os 50m livre em Pequim e meu melhor resultado foi 21.55 em piscina de 50m. Já em 2012, foquei nos 100m livre e pude nadar os 4x100m em Londres, me classificando, logo na sequência, para o Mundial de Istambul, quando me dediquei aos 50m borboleta e conquistei minha primeira medalha de ouro em Mundial. A partir disso, decidi investir mais nessa prova e hoje tenho muita facilidade — sou bicampeão mundial e recordista mundial em piscina de 25m, e recordista sul-americano em piscina de 50m.

6- Durante todos esses anos de competição, qual sua melhor recordação? E de todos os recordes que já bateu, qual foi o mais suado?
Sem dúvidas foi o recorde mundial dos 50m borboleta que bati em uma Copa do Mundo em 2018. Eu sabia que tinha como principal adversário o Chad Le Clos, mas sabia também onde eu podia melhorar durante a prova para conseguir vencer. Então, não só ganhei como conquistei o recorde mundial. E a sensação foi muito boa naquele momento, lembrar de todo trabalho, a dedicação para conseguir e ser reconhecido, é muito bom! Não tem preço ser o melhor do mundo naquilo que você se propõe a fazer.

7- Você pretende voltar a treinar os 50m livre para disputar uma vaga nos próximos Jogos Olímpicos, em Tóquio?
Sim, esse é meu próximo desafio pessoal. Já estou começando meus treinos para essa prova — tenho um tempo legal até nossa seletiva. Minha melhor marca nos 50m livre com trajes foi 21.55 e sem traje 22.00, então, se eu tiver a evolução que tive nos 50m borboleta, vai ser interessante!

Para finalizar, nosso atleta Nicholas Santos deixou um recado para quem está começando a competir agora: “Acredite em você, não desista dos seus sonhos e coloque energia em tudo o que se propõe a fazer. Saia da zona de conforto e saiba que altos e baixos virão, com certeza, mas não perca o foco até alcançar seu objetivo. Seja disciplinado, invista em você e se relacione com pessoas otimistas — afaste-se das pessoas tóxicas. Construa sua carreira com as conquistas diárias e busque sempre seu alto rendimento.”

E você, se inspira com o guerreiro Nicholas Santos?