Natação na terceira idade: uma opção saudável e divertida!

01
out 2017

Envelhecer faz parte do processo natural da vida. Ao chegar à terceira idade, é indicado que se tenha mais cuidados com o corpo. Algumas situações como osteoporose e artrose tornam-se mais comuns. Praticar exercícios físicos nesse estágio, portanto, fortalece o organismo.

A natação é um esporte recomendado para idosos, pois pode reduzir a perda de massa óssea e muscular. Outro motivo é a redução do impacto das estruturas ósseas e articulares o que diminui os desgastes nas cartilagens. Todos estes benefícios previnem que um idoso tenha dores no corpo ou fraturas. Logo, a natação é um esporte seguro para a terceira idade.

Outros benefícios observados em quem pratica natação é a melhora na musculatura do abdômen e do assoalho pélvico. Está comprovado que há diminuição de problemas como incontinência urinária em quem pratica natação, especialmente nas mulheres. Também combate o sedentarismo, auxiliando na prevenção da hipertensão e da obesidade.

Em alguns casos, ao chegar à terceira idade, o idoso pode se sentir sozinho, já que não tem mais a rotina tão agitada de outras épocas. A natação é um estímulo para a convivência em grupo, a socialização e, consequentemente, combate casos de depressão, uma das consequências da solidão.

Os benefícios que a natação traz para qualquer estágio da vida são potencializados durante a terceira idade. A natação é um excelente esporte para incentivar uma vida saudável para todos!

Quer melhorar seu tempo na piscina?

18
set 2017

Potencializar o desempenho durante os treinos de natação é uma tarefa que exige muita disciplina e empenho!

Para começar, monitore a intensidade dos movimentos durante a prática. Um exercício muito rápido vai acabar cansando e prejudicando o restante do treino. Então, intercale movimentos mais velozes com outros mais lentos, o que fará com que o esforço durante o treino seja distribuído. Outra medida que ajuda a melhorar a performance é o auxílio de acessórios de natação. :

A nadadeira, por exemplo, trabalha melhor a musculatura, aumentando a flexibilidade e, logo, a força. Isso, quando você treina várias vezes na semana, é essencial. Só tome cuidado para não criar uma dependência. A dica é usar apenas em alguns treinos. A dica para todos os treinos é executar as técnicas de cada nado. Não fuja disso!

Os bons nadadores não são aqueles que possuem somente a força. Para obter resultados satisfatórios, aprenda a ser forte e técnico. Por isso, faça exercícios educativos, com correção constante para cada tipo de nado. Dessa forma, você também ajuda a combater a ansiedade que toma conta quando se está dentro da piscina. Antes de ser um nadador rápido, é preciso ter foco com calma e paciência!

E, claro, não esqueça do seu condicionamento físico fora da água! Concilie sempre com alguma atividade complementar, como musculação, pilates, alongamentos, etc.

Anotou? Bom treino e nade atrás do seu melhor tempo!

Vai encarar sua primeira prova de triathlon? Veja 3 dicas importantes!

30
ago 2017

Atletas amadores que decidem se aventurar no mundo dos triatletas devem tomar alguns cuidados antes de realizar sua primeira prova. Depois de já terem se matriculado em algum programa de treinamento específico para triathlon, alguma dúvida ainda pode restar. Afinal, são muitos detalhes para prestar atenção.

Uma prova de triathlon é dividida em três etapas: uma de natação, outra de ciclismo e, ainda, uma de corrida. Sem interrupção entre as modalidades, cada prova de triathlon tem uma duração, dependendo da competição em que ela está inserida. Nas Olimpíadas, por exemplo, a natação tem a distância de 1,5 km, a etapa de ciclismo tem 40 km e, por último, a corrida tem 10 km. Quase sempre em águas abertas, os atletas costumam sentir mais dificuldades na natação, já que, normalmente, os treinos são realizados em piscinas. O ambiente inóspito do mar, com ondas e correntezas, pode atrapalhar. Então, a primeira dica é:

1 – Dedique-se à natação! Os triatletas costumam dizer que “a natação não fará você vencer uma prova, mas ela pode fazê-lo perder”. Nadar bem em uma etapa de natação significa sair inteiro para pedalar e, claro, poupar energia para o restante da prova.

O fato das provas serem em sequência, exige uma maior organização dos atletas.

2 – Organize-se para levar o necessário para área de transição! A dica é levar uma toalha colorida ou estampada, para que você possa identificar que aquele é o seu espaço e não se perder na correria de trocar de etapa. Também é aconselhável levar garrafinha d’água, prendedor de cabelos reserva e óculos extra. Carboidrato em gel e um par de meias também não fazem mal a ninguém.

Para chegar bem para realizar a prova, alimente-se corretamente!

3 – Não coma nada que você já não está acostumado! Não invente moda. Uma comida diferente, que você nunca experimentou, não vai fazer a diferença. Aposte em uma fonte de proteína no café da manhã e em carboidratos. Alimentos com fibras não são recomendados.

Anotou? Agora se dedique, se organize e aproveite a sua primeira prova!

Mitos e verdades sobre o vôlei de praia

16
mar 2017

cover-blog-marco

Derivado do voleibol de quadra, o vôlei de praia tem basicamente o mesmo formato. Uma quadra dividida em duas partes por uma rede, onde as equipes têm o objetivo de fazer com que a bola toque no campo adversário para somar um ponto. As principais diferenças estão no solo e no número de jogadores. O voleibol de praia deve ser praticado na areia e as equipes podem conter de dois a quatro atletas (nas olimpíadas os jogos são realizados em duplas). Não se sabe ao certo onde esse esporte foi criado, o que se sabe é que o Brasil é a casa dos principais atletas da modalidade.

O que você precisa saber sobre o vôlei de praia…

– A partida é dividida em sets. Cada set é finalizado quando existe uma diferença de dois pontos e uma das equipes chega aos 21 pontos. Em caso de diferença menor que dois pontos a partida continua até que uma das equipes consiga a vantagem.

– Cada equipe tem direito a uma pausa (tempo) por set, paralisando o jogo por 30 segundos.

– Toda vez que uma das equipes conquista um ponto, os jogadores mantem a posse de bola realizando um novo saque.

– Não é só quem mora nas proximidades do litoral que pode praticar o esporte. Muitas cidades contam com clubes, praças e parques que possuem uma quadra de vôlei de praia.

– Os uniformes para o jogo variam, porém, na maioria das vezes os homens usam calções de banho e camiseta. Já as mulheres adotam um sunquíni.

– O Brasil é a principal potência do esporte e os atletas que vestem o uniforme verde e amarelo conquistam as principais competições do vôlei de praia.

– Além de ajudar no seu condicionamento físico ainda ajuda você a colocar em prática o seu companheirismo e espirito de equipe, então…. Que tal uma partidinha com os amigos?

Alimentação pós-treino: Musculação

02
mar 2017

5558.1.17_x
Anteriormente ressaltamos aqui em nosso blog os benefícios da ALIMENTAÇÃO PRÉ-TREINO, e agora chegou a vez de esclarecer algumas dúvidas sobre o que comer após a musculação. Muitas pessoas deixam de comer após o treino, com o intuito de emagrecer de maneira mais rápida, porém, isso é um erro! Sem os nutrientes necessários o corpo não consegue regenerar-se e funcionar de maneira adequada, fazendo com que o organismo acumule a próxima alimentação como fonte de energia. Vamos ao que interessa…

Consuma carboidratos, sim…

Assim como no pré-treino os carboidratos possuem um papel importantíssimo no pós-treino. O consumo desses alimentos ajuda o corpo a repor a reserva de glicogênio, possibilitando que seu corpo saia do estado catabólico, quando ocorre a diminuição do tamanho e da função celular, e entre no estado anabólico, aumento do tamanho e função celular. Nesse caso, os alimentos abaixo são os mais indicados:

– Leite desnatado
– Granola
– Clara de ovo,
– Peito de Frango

Proteínas, também!

Assim como os carboidratos, as proteínas são fundamentais após o treino de musculação. Imprescindíveis no processo de construção muscular, não são todas as proteínas que podem ser consumidas no pós-treino. O ideal é o consumo de proteínas com alto valor biológico, tais como:

– Peixe
– Carne
– Claras de ovo
– Queijo cottage

Agora, você não precisa fechar a boca após o treino. Alimente-se! A boa alimentação ajuda você a alcançar os seus objetivos de maneira mais rápida e saudável.