Mitos e verdades sobre o vôlei de praia

16
mar 2017

cover-blog-marco

Derivado do voleibol de quadra, o vôlei de praia tem basicamente o mesmo formato. Uma quadra dividida em duas partes por uma rede, onde as equipes têm o objetivo de fazer com que a bola toque no campo adversário para somar um ponto. As principais diferenças estão no solo e no número de jogadores. O voleibol de praia deve ser praticado na areia e as equipes podem conter de dois a quatro atletas (nas olimpíadas os jogos são realizados em duplas). Não se sabe ao certo onde esse esporte foi criado, o que se sabe é que o Brasil é a casa dos principais atletas da modalidade.

O que você precisa saber sobre o vôlei de praia…

– A partida é dividida em sets. Cada set é finalizado quando existe uma diferença de dois pontos e uma das equipes chega aos 21 pontos. Em caso de diferença menor que dois pontos a partida continua até que uma das equipes consiga a vantagem.

– Cada equipe tem direito a uma pausa (tempo) por set, paralisando o jogo por 30 segundos.

– Toda vez que uma das equipes conquista um ponto, os jogadores mantem a posse de bola realizando um novo saque.

– Não é só quem mora nas proximidades do litoral que pode praticar o esporte. Muitas cidades contam com clubes, praças e parques que possuem uma quadra de vôlei de praia.

– Os uniformes para o jogo variam, porém, na maioria das vezes os homens usam calções de banho e camiseta. Já as mulheres adotam um sunquíni.

– O Brasil é a principal potência do esporte e os atletas que vestem o uniforme verde e amarelo conquistam as principais competições do vôlei de praia.

– Além de ajudar no seu condicionamento físico ainda ajuda você a colocar em prática o seu companheirismo e espirito de equipe, então…. Que tal uma partidinha com os amigos?

Alimentação pós-treino: Musculação

02
mar 2017

5558.1.17_x
Anteriormente ressaltamos aqui em nosso blog os benefícios da ALIMENTAÇÃO PRÉ-TREINO, e agora chegou a vez de esclarecer algumas dúvidas sobre o que comer após a musculação. Muitas pessoas deixam de comer após o treino, com o intuito de emagrecer de maneira mais rápida, porém, isso é um erro! Sem os nutrientes necessários o corpo não consegue regenerar-se e funcionar de maneira adequada, fazendo com que o organismo acumule a próxima alimentação como fonte de energia. Vamos ao que interessa…

Consuma carboidratos, sim…

Assim como no pré-treino os carboidratos possuem um papel importantíssimo no pós-treino. O consumo desses alimentos ajuda o corpo a repor a reserva de glicogênio, possibilitando que seu corpo saia do estado catabólico, quando ocorre a diminuição do tamanho e da função celular, e entre no estado anabólico, aumento do tamanho e função celular. Nesse caso, os alimentos abaixo são os mais indicados:

– Leite desnatado
– Granola
– Clara de ovo,
– Peito de Frango

Proteínas, também!

Assim como os carboidratos, as proteínas são fundamentais após o treino de musculação. Imprescindíveis no processo de construção muscular, não são todas as proteínas que podem ser consumidas no pós-treino. O ideal é o consumo de proteínas com alto valor biológico, tais como:

– Peixe
– Carne
– Claras de ovo
– Queijo cottage

Agora, você não precisa fechar a boca após o treino. Alimente-se! A boa alimentação ajuda você a alcançar os seus objetivos de maneira mais rápida e saudável.

Alimentação pré-treino: Musculação

15
fev 2017

cover_blog

A musculação é uma forte aliada para aqueles que buscam uma vida mais saudável, um aumento de força física, melhoria na postura ou até mesmo um auxílio para tratar doenças musculares e metabólicas. Esse treinamento de força ajuda e exige muito do atleta, portanto a alimentação correta faz toda a diferença. Hoje falaremos um pouco sobre os alimentos pré-treino e a importância deles para um treino mais benéfico e eficiente.

Consuma carboidratos…

Principal fonte energética, os carboidratos possuem um papel importantíssimo no pré-treino. O consumo desses alimentos possibilita ao atleta um ganho de disposição e aumento em seu desempenho físico devido ao glicogênio que abastece e fortifica os músculos. Você pode encontrar essa “forcinha” em diversos alimentos e ir com força total para o seu treino.
Abaixo listamos alguns alimentos que possuem esse aspecto energético:

– Arroz integral
– Arroz branco
– Arroz parabolizado
– Batata doce
– Macarrão integral
– Aveia
– Frutas

Mas não se esqueça das proteínas.

Agora sabemos que o carboidrato é imprescindível para dar aquele up em nosso treino, mas e a proteína? Como ela pode me ajudar? Quando consumido regularmente esse componente é responsável pela construção de músculos, aumentando o metabolismo e queimando a gordura mais rapidamente. Além disso, ajuda o seu corpo a evitar lesões e a melhorar a recuperação das células musculares. Conheça alguns alimentos que podem auxiliar na sua dieta:

– Peito de frango
– Clara de ovos
– Peixe
– Peito de peru
– Patinho moído

Agora é só preparar o seu prato, alimentar-se 30 minutos antes da atividade, partir para a musculação e colher os frutos de uma boa dieta com o treino adequado.

Melhore sua coordenação motora com o tênis de mesa

01
fev 2017

5558.1.13_cover-blog

O tênis de mesa surgiu no século XIX e hoje em dia é um dos esportes mais populares do mundo, caindo, cada vez mais, no gosto de todos. Uma partida do popularmente conhecido “Pingue pong” exige muita concentração, agilidade e rapidez desenvolvendo aspectos físicos e mentais do competidor. Você ainda não pratica o esporte? Então conheça os principais benefícios e comece agora.

Coordenação motora

A pratica frequente desse esporte ajuda o atleta a desenvolver sua coordenação motora, estimulando respostas rápidas a determinadas ações, tanto no jogo quanto no cotidiano.

Resistência

O esforço físico exigido em uma partida de “pingue pong” ajuda a melhorar o seu nível de resistência. Quanto mais praticado, mais resultados aparecerão.

Agilidade

O tênis de mesa desenvolve a velocidade e a capacidade de raciocínio rápido por ser um jogo extremamente dinâmico. Qualquer descuido resulta em um ponto para o adversário.

Melhora no desempenho escolar e profissional

Os aspectos desenvolvidos pela modalidade estão diretamente ligados ao nosso dia a dia resultando em uma melhora considerável nas atividades desenvolvidas em casa, na escola e até mesmo no trabalho.

Além dos aspectos físicos e mentais, esse jogo ainda acumula outras vantagens.
– Pode ser praticado paralelamente aos estudos e trabalho
– É um ótimo esporte para dias chuvosos
– Quando praticado com os amigos fica muito mais divertido

Prepare sua raquete, lance a bolinha e divirta-se com o esporte de raquetes mais rápido do mundo.

Iniciando no Triathlon

16
jan 2017

cover-blog_5558.1.11

Se você está pensando em começar no Triathlon, seja por lazer ou competição, esse texto é para você. O esporte vem crescendo e ganhando notoriedade cada vez mais entre corredores, ciclistas, nadadores e até quem não pratica nenhum esporte. Muitos atletas buscam se aventurar nessa modalidade desafiadora, porém, todo cuidado é bem-vindo na hora de se testar em um novo esporte. Chegou a hora de começar.

Conheça o esporte!

O Thriatlon surgiu por volta de 1970 e combina a prática de 3 modalidades: ciclismo, corrida e natação. Ganhou espaço olímpico em 2000, em Sidney, e desde então não parou de crescer. A principal e mais famosa competição é o Ironman, onde homens e mulheres colocam a prova todo seu esforço, treinamento duro e condicionamento físico afim de testar seus limites a cada prova.

Preparar…

Todo esporte requer alguns cuidados antes de sua prática, e o Thriatlon não poderia ser diferente. Consulte um médico e faça alguns exames como: eletrocardiograma e exames de sangue gerais são indicados para quem quer iniciar no esporte.

Apontar…

Trace um objetivo, pense se pretende treinar por lazer, melhorar o seu condicionamento físico ou se planeja competir em alto nível. Depois disso, acione um profissional que te ajudará a planejar o treino ideal de acordo com suas metas.

Treinar!

Chegou a hora de trabalhar! Sempre acompanhado de um profissional, comece o treino em ritmo mais leve e aumente a dose e a intensidade progressivamente. A evolução de maneira consciente e supervisionada ajuda a evitar lesões e desgastes excessivos para o seu corpo. O descanso e a boa alimentação são fortes aliados para uma evolução mais rápida e efetiva, siga uma dieta balanceada e dê intervalos entre um treino e outro.

Tenha paciência! Treine, alimente-se bem, descanse e prepare-se para repetir isso muitas e muitas vezes. O triatleta não surge da noite para o dia, se você pretende entrar nesse mundo saiba que todo esforço será recompensado.