Esportes que podem te ajudar durante tratamentos médicos.

01
dez 2016

cover-blog-tratamento-medicos

Diversos esportes são capazes de auxiliar em tratamentos médicos. A maioria deles é excelente em tratar problemas respiratórios, recuperações musculares e até mesmo problemas ósseos e na coluna.

A natação, por exemplo, é campeã em em reeducar e criar mais resistência no organismo para combater problemas respiratórios como bronquite e asma, podendo até melhorar vários níveis de alergias. Além disso, é um ótimo exercício postural, pois alonga e fortalece toda a musculatura intercostal, abdominal e braçal.

Já a corrida, é o melhor esporte para diminuir os riscos de doenças cardíacas. Como o coração e as artérias também são músculos, a corrida é capaz de fortalece-los cada vez mais para melhorar a sua performance e saúde. E por também ser um esporte de impacto, ele estimula um aumento da massa óssea, prevenindo e ajudando em tratamentos de osteoporose.

Encontre o seu esporte ideal e treine duro para uma vida cada vez mais saudável!

A diferença entre esporte amador e esporte profissional.

16
nov 2016

blog-esporte-amador

 

A maioria das pessoas confunde o esporte amador com o esporte profissional. Parecem semelhantes, mas possuem diferenças significativas. Isso não quer dizer que um seja melhor que o outro. O objetivo principal, antes de mais nada, é praticar exercícios físicos independentemente de sua ideia ou definição. Mas, afinal de contas, qual é a diferença entre eles?

Se recorrermos ao dicionário, a palavra ‘amador’ significa amar e cultivar qualquer arte ou esporte por prazer, e não por profissão. Já o ‘profissional’ é para aquele que exerce a atividade como estilo de vida, ou seja, uma ocupação especializada. Assim, o esporte pode ser considerado um hobby, mas também pode ser levado tão a sério a ponto de o atleta aplicar regras e novos hábitos no dia a dia.

O esportista amador pratica as atividades físicas conforme as suas vontades. Ele não irá se preocupar, por exemplo, em abandonar o trabalho profissional para se empenhar em algum esporte. Os exercícios não são agressivos e podem ser praticados até mesmo dentro da própria casa. Aqui, o esporte é levado a sério, mas com certa liberdade.

Quem realiza o esporte todos os dias e minuciosamente é o esportista profissional. Este respeita todas as regras, os horários, as alimentações e se dedica para transformar a prática em um trabalho criterioso. O atleta se esforça ao extremo nos treinos e também participa de grandes competições.

A importância do esporte gera muitos benefícios tanto na saúde física quanto na saúde mental. Seja qual for o tipo de esporte praticado, o essencial é nunca deixar o corpo parado, e sim sempre em movimento. 15 de Novembro. Dia Nacional do Esporte Amador.

Novembro Azul: mergulhe nessa prevenção.

31
out 2016

blog-novembro_azul

 

Se há alguns dias estávamos conscientizando o mundo e, em especial, as mulheres com o Outubro Rosa, neste mês, enfatizaremos a campanha Novembro Azul. Sua existência também é de suma importância para toda a sociedade, principalmente para os homens.

O objetivo desse movimento é enfatizar a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata. Ele surgiu na Austrália, em 2003, e veio para o Brasil no ano seguinte quando o Instituto Lado a Lado pela Vida teve o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, realizar o exame de toque.

Atualmente, os estudos da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) apontam que cerca de 51% dos homens nunca realizaram uma consulta com um especialista. Isso equivale a uma estimativa de 69 mil novos casos da doença por ano. O câncer, em seu estágio inicial, geralmente, não apresenta nenhum sintoma. Por isso, o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento curativo.

A realização dos exames pode ter início a partir dos 40 anos de idade, fazendo com que a mortalidade causada pela doença diminua cerca de 21% na taxa. Por isso, não deixe de cuidar da saúde e mergulhe de cabeça na prevenção!

#VaiFundonaPrevenção

 

Os ganhadores da Speedo Run 2016

24
out 2016

post speedo run

Em 23 de outubro, foi realizada a Speedo Run, uma das provas mais tradicionais que movimentam a cidade de São Paulo. Foram mais de 3.900 atletas inscritos nas provas de caminhada e corrida, que tinham percursos de 4 e 9 km. Os 10 primeiros colocados – entre homens e mulheres – foram premiados com dinheiro.

Os participantes tiveram que percorrer ao redor do Shopping Aricanduva, o percurso teve início na portaria e seguiu até a Loja C&A do centro comercial. Durante todo o evento, foram sorteados kits de suplementos Speedo by Sanavita, prêmios de eletroeletrônicos, como 10 TVs de 42 polegadas full HD, 05 Home Theater, 10 frequencímetros Speedo e 50 vales-almoço no Outback.

Confira os ganhadores da corrida de 9 km:

Feminino:
1º lugar – Consolata Cherotich
2º lugar – Erika Oliveira Lima Dolberth Machado
3º lugar – Felismina Vendohali Tchihanda Cavela
4º lugar – Rosângela Raimunda Pereira Faria
5º lugar – Jaciane Barroso Araújo

Masculino:
1º lugar – Jacob Kemboi Kiprotich
2º lugar – Jean Carlos Dolberth Machado
3º lugar – Cezídio Alves Rodrigues Neto
4º lugar – Wellington Bezerra da Silva
5º lugar – Rogério Ferreira

Parabéns a todos os participantes!

Esporte: um aliado do Outubro Rosa

17
out 2016

blog-outubro-rosa

Outubro Rosa é a campanha de conscientização sobre a prevenção, o diagnóstico e o combate ao câncer de mama. O que mais se comenta sobre este mês é o autoexame e as visitas aos especialistas. Mas será que a atividade física tem espaço nessa história?

Na verdade, tem. E muito. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 25% dos casos de câncer de mama poderiam ser evitados se a mulher praticasse exercícios por, pelo menos, 2 horas e meia por semana. Como essa porcentagem é bem alta, é indiscutível a importância do esporte para uma vida mais saudável e, consequentemente, mais longa.

A obesidade ou o sobrepeso estimulam o desenvolvimento de doenças e a prática de esportes, como já sabemos, evita esse excesso de peso e o acúmulo de gordura no corpo. A natação, por exemplo, pode queimar até 600 calorias em apenas 1 hora de treino. Mais um bom motivo pra cair na piscina sem medo.

Perceberam que, com algumas informações básicas, é possível ficar minimamente por dentro do assunto e evitar sustos e diagnósticos inesperados? Sabemos que isso não basta. A prevenção envolve, além da prática de esportes, que ajuda muito, acompanhamento médico, dieta balanceada e informação.

O recomendado é fazer autoexames e mamografias a partir dos 40 anos. Se há casos da doença na família, o ideal é começar a partir dos 20 anos.

Repense seus hábitos, conscientize-se e #VaiFundoOutubroRosa.